Escritório Modelo de Advocacia da Univali atende população de baixa renda

Informa & Comenta recebeu Paulo José da Costa, responsável pelo EMA

  • Gabriel Oliveira

O Escritório Modelo de Advocacia da Unversidade do Vale do Itajaí (UNIVALI) teve início em 2001. Foi criado na necessidade de saciar a falta de estágios aos alunos do curso para o cumprimento das horas extracurriculares e, também, para implementar a ação social dentro dos centros de estudos da universidade. No Informa & Comenta desta segunda-feira, 1, recebemos o responsável pelo EMA, professor Paulo José da Costa.

Segundo ele, são realizados 20 atendimentos diários à pessoas que se enquadram no perfil. "A maioria dos atendimentos que fazemos através dos estagiários, são de assuntos familiares. Nos boxes onde são feitas as consultas, um faz o atendimento e outro faz a digitação dos termos", explica Paulo.

O EMA está localizado em frente à Univali de Balneário Camboriú, e atende em horário comercial. De acordo com o responsável, hoje a área de abrangência, que além do Balneário inclui Camboriú, também passou ao atendimentos de moradores de Itapema. Este seria resultado da criação da Defensoria Pública, que motivou o desligamento da Seção da Ordem dos Advogados do Brasil na cidade, dos atendimentos gratuitos à população.

Mesmo com tamanha demanda, as informações repassadas e os processos ocasionados através do trabalho realizado pelos estagiários por meio do EMA, tem surtido resultados satisfatórios para a comunidade acadêmica e social.

Deixe seu comentário
Fechar janela




2
Comentários
Vanessa
O EMA da Univali, realmente presta um serviço com qualidade, porque eu fui atendida neste mês lá no EMA e me trataram com muito respeito, não tem qq tipo de sem pagar nada!!!
marlene moreno e silva
preciso entrar c/ 1 ação de danos morais e danos financeira, só que não tenho c/ pagar, gostaria de saber c/ fazer e a onde ir para abrir esse processo. agraço desde já a atençao